Previsão do Tempo - Arco-Íris

HISTÓRICO DESSA CIDADE:
 
O surgimento do vilarejo de Arco Íris deu-se no ano de 1928. Nessa
época, em virtude da fertilidade de seu solo, e a existência de grande
quantidade de madeira de lei, despertou o interesse do Sr. João Florenço, seu
pioneiro, que na ocasião residia na cidade Glicério, região noroeste do Estado.
Numa gleba de 15 alqueires de terra, derrubou a mata, plantando
cereais. Em seguida, outros pioneiros chegaram ao vilarejo, dentre eles, os
senhores Aurélio Moreno Zamora e José Morábito.
O senhor Aurélio Moreno Zamora, oriundo da cidade de Braúna,
igualmente abriu o seu sítio, construindo na ocasião, a primeira casa de tijolos
no vilarejo, já com o nome de "Vila Santa Helena".
O interesse pelo local foi despertado por outras pessoas, chegando
também outro pioneiro, o Sr Joaquim Dias de Souza, mais conhecido como
Joaquim Piauí, instalando no vilarejo, o primeiro armazém da Vila Santa
Helena, onde hoje está localizado o cento urbano.
O Sr Aurélio Moreno Zamora, verificando a grande atração que a
região apresentava, cuidou de proceder ao primeiro loteamento de Santa
Helena. Nessa ocasião instalou a primeira serraria, com o objetivo de
aproveitar o grande manancial de madeiras existente. A seguir implantou
também um gerador de energia elétrica, que durante um período da noite,
atendia as residências e estabelecimentos comerciais existentes, e face a
produção do café na época, instalou também uma máquina de beneficiamento
de café para atender os proprietários rurais e os arrendatários.
Em virtude do crescimento da Vila Santa Helena, e o conseqüente
aumento de proprietários de sítios, como também a vinda de outros moradores,
o Sr Aurélio Moreno Zamora implantou um loteamento, o mesmo se deu com o
Sr José Morábito, que também implantou outro loteamento no vilarejo, sendo
que tais empreendimentos colaboraram sobremaneira para a vinda de mais
moradores.
Em razão de a possibilidade de elevação a Distrito, da Vila Santa
Helena à categoria de Distrito, passou-se a discutir a mudança do nome de Vila
Santa Helena para um outro nome, estabelecendo-se aí, em comum acordo
entre principalmente, esses dois pioneiros, o nome de ARCO ÍRIS, o que
concretizou, com o advento da Lei Estadual nº 233, de 24.12.48. O Distrito de
Arco Íris, pertencente ao Município de Tupã, foi criado pela Lei Estadual nº 233,
de 24.12.1948, e instalado em 01.01.1949. Popularmente, há quem diga que o
nome dado à cidade de Arco Íris, que o Sr Aurélio Moreno Zamora tinha
interesse que o nome de Santa Helena continuasse; porém o Sr José Morábito,
insistia na mudança para que distrito passasse a chamar-se Bom Jesus, e,
depois de várias discussões, não chegaram a um acordo sobre a pretendida
mudança, - daí o lado pitoresco - que um dos interessados, disse, como não
será colocado o nome de meu interesse, pode colocar qualquer nome, até
" arco da velha ", se quiserem, neste momento, o outro interessado respondeu-
lhe - está aí - vamos colocar o nome de Arco Íris, daí por diante, adotou o nome
Arco Íris para o distrito.
O Município de Arco Íris foi criado pela Lei Estadual nº 8550, de
30.12.93 e publicada no DOE de 31.12.93, foi instalado em 01/01/1997.
Foi eleito seu primeiro Prefeito Municipal o Senhor Geraldo Borges de
Freitas Filho. A Câmara Municipal é composta de 9 (nove) Vereadores.
O Posto Indígena Vanuire é formado por uma população indígena de
aproximadamente 156 habitantes, entre Índios Caingangs e Krenaks.
O município de Arco Íris tem divisores com os município de Tupã ao
lado sul, com o município de Iacri ao lado oeste, com os municípios de
Santópolis e Luiziânia ao lado norte e com os municípios de Queiroz e
Herculândia ao lado leste.
O município de Arco Íris dispõe de linhas de ônibus com ligação com a
cidade de Tupã, a partir daí, com conexão com outras cidades.
O meio de comunicação mais eficaz é a telefonia. Seu relevo é
relativamente plano, com vegetação rasteira e destacada referência à
agricultura e pecuária de leite e de corte.
O município de Arco Íris tem clima temperado, contando ainda, em
seus divisores com os rios Aguapeí ("feio"), Caingang e Sete de Setembro.
 
FONTE: Prefeitura Municipal, Governo do Estado de São Paulo
Site Oficial:https://arcoiris.sp.gov.br/

×