Previsão do Tempo - Piracicaba

HISTÓRICO DESSA CIDADE:

Piracicaba, que significa na linguagem tupi-guarani “lugar onde o peixe chega”
ou “lugar onde o peixe pára”, foi fundada em 1º de agosto de 1767 por Antônio
Corrêa Barbosa, oficialmente encarregado por Luiz Antônio de Souza Botelho e
Mourão para a criação de um povoado permanente.
A cidade cresceu e, dez anos após ter se transformado em Freguesia,
transferiu-se para a margem esquerda do rio, abaixo do salto, favorecendo a
expansão do núcleo. Piracicaba evolui e, em 1821, os moradores da Freguesia
Piracicaba solicitam sua elevação à categoria de Vila, recebendo o nome de
Vila Nova da Constituição.
O pedido para transformar Vila Nova foi do vereador da época, Prudente de
Morais, que mais de uma década depois tornou-se o primeiro presidente civil
do Brasil. Tendo o rio como fonte de vida e de história de sua gente, Piracicaba
não parou de crescer e se transformar. Uma transformação que mascarou as
mais importantes características de sua gente e natureza privilegiada: o salto
do rio, o véu da noiva – uma espécie de cachoeira, delicada, que caiu em
queda no meio das pedras -, o mirante, de onde se pode observar a beleza da
topografia do Piracicaba, suas águas – nas épocas de cheia – ou pedras – na
estiagem.
Alimentando o corpo ou a alma, segue o Piracicaba, marcando a vida de sua
gente, que abre a cidade para o progresso. Acolhe os mais diferentes
segmentos como a Esalq (Escola Superior de Agricultura Luis de Queiroz), a
primeira em ciências agronômicas da América Latina; o Engenho Central, um
marco da pujança da cana-de-açúcar, e hoje uma grande patrimônio histórico.
Mas não só de prédios e edifícios vive Piracicaba. Ela movimenta a economia
com indústrias, escolas, centros de pesquisa, especialmente na agricultura, o
turismo, mas sem esquecer das tradições, como a Festa do Divino, a Festa do
Milho Verde, que difunde e mantém na culinária caipiracicabana a pamonha, a
Festa de São João, no distrito de Tupi, e a Festa das Nações. Nos esportes,
abriga o Esporte Clube XV de Novembro, que na memória do piracicaba, ainda
é detentor de títulos e de grandes estrelas, como Mazolla, Gatão, Peixinho,
Chicão, entre outros.
 
FONTE: Prefeitura Municipal, Governo do Estado de São Paulo
Site Oficial: http://www.piracicaba.sp.gov.br/

×